Pontepretano

SEMPRE ÀS ORDENS

Nem Marcelo Chamusca, nem Nelsinho Baptista, nem nenhum outro. Enquanto prioriza a busca por reforços que qualifiquem o elenco, a Ponte Preta tomou uma decisão sobre quem vai substituir o demitido Doriva. E ele já está no Moisés Lucarelli: João Brigatti.

Sem um nome que seja consenso, a Macaca decidiu congelar a avaliação de nomes no mercado. Assim, vai dar uma chance ao auxiliar fixo. Brigatti dirige a equipe interinamente neste sábado, contra o Oeste, e na terça-feira também, de novo em Campinas, contra o Goiás.

A ordem, que partiu do presidente de honra Sérgio Carnielli, é esperar o desempenho do time com o interino nos próximos jogos. Se agradar, o ex-goleiro ganha forças para ser até efetivado e tocar o trabalho no decorrer da temporada.

Brigatti é integrante fixo da comissão técnica da Macaca (Foto: Marcos Ribolli) Brigatti é integrante fixo da comissão técnica da Macaca (Foto: Marcos Ribolli) </source></source></source></source></source>

Brigatti é integrante fixo da comissão técnica da Macaca (Foto: Marcos Ribolli)

Brigatti assume o comando a partir desta quarta, na reapresentação do elenco alvinegro no centro de treinamento do Jardim Eulina. Ele está acostumado com a situação, pois já assumiu o cargo interinamente em três ocasiões anteriores.

Foi com Brigatti, por exemplo, que a Ponte terminou a campanha do Campeonato Paulista e venceu o Título do Interior, no hiato entre a saída de Eduardo Baptista e a chegada de Doriva. Ele também assumiu o time após as saídas de Felipe Moreira e Gilson Kleina, em 2017.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias da Ponte Preta

O desafio agora será recuperar a confiança de um time que vem de quatro jogos sem vencer (um pela Copa do Brasil e três na Série B). A Ponte soma sete pontos no Campeonato Brasileiro e está em 15º lugar, perto da zona de rebaixamento.